sexta-feira, 30 de maio de 2014

RESENHA: Beijo na Testa é Pior do que Separação (Crônicas do Fim de Tudo) - Felipe Pena


"A dúvida sempre foi sua única certeza. Em tudo, em todos os momentos, em qualquer lugar. Uma onipresente companheira. Um fardo, uma cruz, uma sombra. Todas as representações e metáforas juntas, em um nítido e claro conluio contra ela. Uma tormenta constante, impedindo-a de tomar decisões..."

Beijo na Testa é Pior do que Separação é um livro de crônicas, onde a separação é o foco principal. Mas também há temas sobre política, jornalismo, amor, literatura... se tornando assim, um livro bem diversificados, onde o autor Felipe Pena agrada aos leitores de vários gostos literários.

Os textos são bem organizados, a diagramação bem feita, o que faz com que o livro possa ser devorado com prazer. Fiquei com gostinho de quero mais em cada texto que lia. Pois são tão bons, que dariam ótimas histórias mais prolongadas. 

Há crônicas onde o autor insere trechos de músicas de Caetano Veloso, Renato Russo e de Cazuza. Também podemos encontrar citações à filmes, políticos conhecidos, poemas famosos, novelas, filmes e programas de TV. Mas Felipe Pena dá grande destaque a separação entre casais e o fim de relacionamentos mal terminados. 

Para os que gostam de crônicas digo que aproveitem, pois irão amar... E aos que torcem o nariz, fica a dica de uma leitura rápida, bem escrita e prazerosa ao termino de cada texto. No final de cada crônica há uma "frase", onde destaca um ponto interessante dos textos.

Em uma entrevista, o jornalista e psicólogo Felipe Pena, diz que beijo na testa é coisa de avó. Pois quando alguém te dá um beijo desses é sinal de que a "relação" esfriou. 

Será? O que você sente quando recebe um beijo na testa de alguém que ama?  

"Ela o amava apesar da fama. Péssima fama. O traficante mais procurado da cidade. Para a polícia, um monstro. Para o Estado, um inimigo. Para ela, "o" homem, com artigo muito bem definido. Estava disposta a recuperá-lo de qualquer forma. Jamais aceitaria a separação..."






15 comentários:

  1. Oi Sanny,
    Vi que foi sua primeira resenha aqui no blog (se não estou errada,rs).
    Parabéns, vc arrasou! Adorei seus comentários, ainda mais as frases do livro.
    Deu vontade de ler.

    Espero que venham mais resenhas suas.

    Beijos, e sigo sempre o blog, pois gosto bastante

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Sanny, gotei muito de sua resenha, foi bem construida e nos deixou saber do que se trata o livro, sem contar tudo..amei isso...Parabénsss..

    O livro parace ser bem interessante, vai ra minha pilha de livros desejados.


    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi. Achei a história interessante e fiquei curiosa com seus comentários sobre o livro. Vou experimentar ler. Valeu pela dica do livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Sanny!
    Livro de crônicas são interessantes porque sempre abordam temas polêmicos onde podemos nos questionar e entender um pouco o ponto de vista do escritor.
    Gostaria muito de ter oportunidade de apreciar tal leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. fiquei curiosa p/ ler o livro todo, principalmento, o bjo na testa

    ResponderExcluir
  6. Só o titulo já me deixou curiosa hahahaha *--------* curiosiiiiissima com a leitura desse livro!

    ResponderExcluir
  7. Adorei pelo fato de tratar de vários assuntos diferentes ao mesmo temo sem fugir do foco, estou participando

    ResponderExcluir
  8. Amo livro de crônicas e só a frase "As frases não ditas são eternas" me deixou com muita vontade de ler.
    Não acho que beijo na testa é coisa de avó, pra mim é uma demonstração pura de carinho, mas enfim... kkkkkk
    Vou procura-lo na livraria :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Me pareceu interessante... Embora não tenha me atraído tanto, mas enfim, posso estar enganada e perdendo um ótimo livro! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  10. Nossa gostei muito, valeu como indicação, não conhecia o livro, mas gostei demais da resenha, das frases; enfim fiquei com muita vontade de ler

    ResponderExcluir
  11. Gostei da resenha, já havia visto sobre o livro em outros blogs, mas não havia parado para ler e adorei tudo que escreveu, pena que são crônicas, como você disse quando bem escritas sempre deixam um gostinho de quero mais. Porém de acordo com você o autor utiliza citações de musicas, filmes e pessoas conhecidas, acredito que utilizar de elementos reais da a historia um caráter mais realista, onde o leitor fica na duvida se realmente é apenas uma invenção ou se realmente aconteceu.

    ResponderExcluir
  12. Não sou muito fã de crônicas e livros desse estilo, mas o desse parece ser bem legalzinho.
    Talvez eu o procure para ler, mas não é de minhas leituras preferidas!
    Prefiro livros de guerras e monstros rsrs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...